quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Vamos falar de tangas

Sim... Tanga, asa delta, string, fio dental - chamem-lhe o que quiserem.
Peça de lingerie feminina muito reduzida que não deixa marcas.

Falo disto porque, ainda há pouco, na recepção do meu trabalho, passei por uma senhora toda ela bem vestida (e bem trendy, por sinal) mas que tinha aquilo que, para mim, é um enoooorme "sabotador de imagem". Por baixo das calças pretas skinny notava-se claramente a marca dos elásticos e os limites da roupa interior, denunciando umas belas cuequinhas clássicas daquelas onde-cabe-tudo, (brancas, provavelmente... ahahah!)

Não consigo perceber isto. Confesso que até sou ligeiramente fundamentalista com esta questão, mas: as senhoras não sabem o que é um fio dental? Uma tanga? Um short sem costuras? Que é tão (ou mais) confortável do que umas cuecas de corte normal e, normalmente, não se nota na roupa!? E mais: é sexy?!


(Imaginem o vestido da Jennifer Lopez no Óscares sem um fio dental... Esse ou outro qualquer... Por favor.)

«Ah, mas não tenho formas para usar isso, ou não tenho idade, ou...»
Bem. Formas ou não formas isso é igual ao litro. Na minha opinião, não influencia em nada. A idade? Talvez me convençam por aí mas... Uma mulher nos seus trintas ou quarentas é velha para usar um fio dental? Mais ainda quando é uma pessoa que liga à imagem, ao estar bem e ao sentir-se bonita?

Expliquem-me, como se eu fosse muito burra, porque é que ainda há mulheres que em pleno século XXI, não conhecem a importância da lingerie no look (e no estado de espírito)? É que não percebo mesmo.


4 comentários:

maria madeira disse...

Sabe que existe toda uma geração de mulheres, que muito simplesmente não foram habituadas a dar grande importância á lingerie. Diria mais, a não dar muita importãncia ao 'look'.
Hoje fizemos noutro tipo de sociedade, onde por vezes ou quase sempre, o que importa é o aspeto, passando para segundo plano, o lado profissional, o caráter. Na minha opinião, e vale o que vale. tem que existir muito simplesmente um saudável equilibrio.

http://amanhecertardiamente.blogspot.com/

Opinante disse...

Gostei muito deste post!

Concordo com tudo o que disseste!
Há que prestar atenção não só ao que se veste mas também à roupa interior!!

Anónimo disse...

Tenho 26 anos, apanhei o boom das tangas. Odeio e são desconfortáveis. Não me digas que são confortáveis, porque já usei várias e são horríveis.Para vestidos, uso cuecas sem costuras. As da Dim são um máximo

ACA disse...

Cara anónima: temos a mesma idade.

Mas, lá está, são opiniões.
Eu não uso outra coisa. Se calhar desde os 17 ou 18 anos. Nem consigo. Só uso cuecas para dormir quando estou naqueles-dias-do-mês.
De resto só uso mesmo fio dental. E quando mais "fio" for mais confortável é... Não se sente rigorosamente nada.

Talvez sejam hábitos.