terça-feira, 30 de agosto de 2011

Má vida, como diria a minha mãe

Não tenho outro título que descreva melhor o que tenho feito nos últimos tempos. Férias, amigos, praia, noite, praia, amigos, férias, dormir, dormir, cafés e noites. Assim, por esta ordem mais coisa menos coisa.

Terminado o estágio de 1 ano (em Junho) e a pós-graduação (em Julho), começou a demanda pela busca de um novo emprego. Da loja, onde trabalhei um mês, guardo algumas ideias e uma equipa de trabalho que tornava tudo numa anedota. Adorei todos os dias que lá estive. Nunca foi um sacrifício. Gosto de conhecer pessoas diferentes de mim. Com vidas diferentes da minha. Não custou mesmo nada... E eles agradeço a horas bem passadas, mesmo a trabalhar.

Lembram-se daquela entrevista? Pois que ainda fui a outra depois dessa e, mais de 15 depois, soube que tinha ficado! Lembro-me do telefonema. De onde estava. Do expressão de orgulho do meu pai que foi a primeira pessoa com quem me cruzei assim que desliguei o telefonema. Das outras duas pessoas a quem liguei logo a seguir. SIM, fiquei! Melhor ainda, as condições são "normais" (para não dizer magníficas tendo em conta o estado do mercado de trabalho), e só começo a meio de Setembro.

Se até então não me sentia efectivamente de férias, depois daquele telefonema parece que ganhei o dobro da energia para fazer tudo o que se deve fazer quando se está de férias no Verão! E fiz tudo a que tinha direito. Setembro começa dentro de dias e é tempo de repôr o sono, acertar os horários e pensar em reconstruir todo um dia-a-dia, idas ao ginásio, rotinas de leitura, coisas que se quer fazer para além do trabalho... Sabe bem ter planos. A mim sabe. Preciso de voltar aos horários, à alimentação correcta, ao prazer de ser domingo de manhã e não ter de acordar cedo...

Vou voltar a construir os outfits como sempre fiz aqui no blog. Voltar aos pequenos apontamentos do dia-a-dia. Às histórias e aos meus momentos de devaneios de escrita em que sinto que o blog é algo que (quase) ninguém lê. Esqueço-me de que tenho alguns leitores. E às vezes escrevo de mais. (nota-se!) Que assim seja. Se é assim que tem de ser.

Um bem haja a quem ainda está desse lado mesmo depois deste tempo de "má vida"  ♥  Deste tempo em que o Balão tirou férias. De tudo e de todos.

5 comentários:

LucyInTheSky disse...

Bom regresso!!
Eu cá estarei para te ler. :)
Kiss*

Johnny disse...

Parabéns pelo emprego! É bom saber que em tempos de crise ainda vai havendo gente que arrisca e tem sorte. Aproveita bem as últimas duas semanas, porque depois as férias serão uma miragem.

rita areias disse...

Eu ainda estou deste lado, quase sempre em silêncio sem nunca ter comentado porque ainda não me tinha decidido a voltar ao mundo dos blogues.

Ainda estou deste lado e ansiosa por ver o Balão a entrar na sua rotina, e ansiosa por saber onde é o teu novo emprego para poder ficar orgulhosa também. :)

rita areias

Helena de Troia disse...

Parabééééns pelo emprego :) Depois de terminado o estágio e da perspectiva de desemprego me assustar, convidaram-me para trabalhar num sítio magnifico e estou tremendamente orgulhosa e feliz.
Por isso, PARABÉNS A NÓS :)

Joana disse...

Essas fugas são boas e saudáveis. E o afastamento temporário não apaga nada do que faz os leitores virem cá ler as histórias e as vivências deste Balão. :)

Joana