terça-feira, 5 de julho de 2011

Assim de repente...

O primeiro e, porventura, o maior problema de (uma pessoa como eu) trabalhar numa loja chama-se: roupa!! Não só por estarmos ali apenas para a "pôr a jeito" de ser comprada por outra pessoa, mas também porque a dualidade entre "Porra, não consigo pendurar nem mais uma saia!" e "Ai, esta é tao linda, ainda não me tinha passado pelas mãos..." é uma constante.
Principalmente em lojas grandes em que é basicamente impossível conhecer todas as peças que existem. Há sempre aquele top que à primeira vista não nos diz nada mas que, depois de o dobrármos 100 vezes, passa a ter o nosso "carinho". E parece-me que vai continuar a ser assim dia após dia. Mesmo que venha a conhecer a loja toda. Coisas novas não faltam.

Em três dias vi mais de15 peças só para mim (e não estamos a falar de uma das minhas lojas top como a H&M, a Blanco ou a Zara). Calções, saias, tops, malas, sandálias, bijuteria, biquínis... Mais de 15 peças. Excluíndo outras que me fazem lembrar esta ou aquela amiga e que secretamente teria guardado para elas. Por um lado, ainda bem que não posso comprar nada este mês. Ainda bem...
Ia haver muita compra de impulso.

Namoricos com peças de roupa à parte, e concentração no que estou "aqui" a fazer, verdade é que ainda não reservei nada para mim. É tempo de saldos e não poderia comprar nenhuma das peças agora. Por isso voltei a pendurá-las bonitinhas no sítio onde devem estar. "A jeito" de serem admiradas e compradas por outra pessoa...

Amanhã a ver se experimento este vestido preto...


E este top de saldos (que grita: Smile Now!)


E ainda este macacão de flores e limões (que é bem mais largo do que parece na foto)...

1 comentário:

Helena de Troia disse...

Poisss... também acabaste o estágio pepac certo? Eu ainda não me meti numa loja.. mas... acho que está para breve :\