quinta-feira, 2 de junho de 2011

A certeza de que vivemos no país do tacho.

Não sou pela política do "dizer mal porque sim". Mas não podia deixar de partihar aqui esta informação que pode ajudar muitos indecisos.

Esta nota anda a circular no FB. Informações mais ou menos conhecidas no meio político e, até agora, sempre confirmadas, e nunca muito díspares, de outras que estão no site do PSD ou mesmo na wikipédia (que não é fonte mas que pode ajudar).

Chega agora ao "povo". E às redes sociais.

É esta a pessoa que vai ser eleita primeiro-ministro de Portugal!? Uma pessoa que, basicamente, nunca trabalhou na vida? E que acabou o curso com 37 anos? Passando logo a cargos de administração?

Dá mesmo que pensar, senhores...


NOTA DE FACEBOOK CRIADA POR PEDRO ESPÍRITO SANTO

«Nome: Pedro Passos Coelho
 Data de nascimento: 24 de Julho de 1964

Formação Académica: Licenciatura em Economia – Universidade Lusíada
(concluída em 2001, com 37 anos de idade)

Percurso profissional: Até 2004, apenas actividade partidária na JSD e
PSD; a partir de 2004 (com 40 anos de idade) passou a desempenhar
vários cargos em empresas do amigo e companheiro de Partido, o Engº
Ângelo Correia, tais como:

(2007-2009) Administrador Executivo da Fomentinvest, SGPS, SA;
(2007-2009) Presidente da HLC Tejo,SA;
(2007-2009) Administrador Executivo da Fomentinvest;
(2007-2009) Administrador Não Executivo da Ecoambiente,SA;
(2005-2009) Presidente da Ribtejo, SA;
(2005-2007) Administrador Não Executivo da Tecnidata SGPS;
(2005-2007) Administrador Não Executivo da Adtech, SA;
(2004-2006) Director Financeiro da Fomentinvest,SGPS,SA;
(2004-2009) Administrador Delegado da Tejo Ambiente, SA;
(2004-2006) Administrador Financeiro da HLC Tejo,SA.»


14 comentários:

Joana André disse...

não podia estar mais de acordo.
http://woman-spot.blogspot.com/

Anónimo disse...

É bem melhor votar num homem que não era Engenheiro e passou a Engenheiro à custa de exames ao Domingo! Realmente...

boneca de porcelana disse...

Mesmo assim, prefiro que ele ganhe do que aquele senhor que é o actual primeiro ministro...

Menutschka disse...

Mas olha que nenhum deles é santo! Ou acreditas que o que ainda lá está, que deixou o País na situação em que estamos é o melhor?! Era bom que as pessoas "abrissem a pestana", que não "fossem em balelas" (pois o que mais há são vendedores de banha de cobra) e se convencessem que vêm aí tempos muito, mas mesmo muito difíceis, e que é preciso escolher bem, pelo menos aqueles que julgamos ser os mais honestos e mais capazes.É que de vigarices, mentiras, burlas, fantasias, estamos todos fartos. É preciso mudar! E não, não sou filiada no PSD nem em qualquer outro partido. Penso pela minha cabeça, não pela dos outros.

ACA disse...

Calma girls.
Não tenho vontade de discutir isto, confesso. LOL
A política neste momento enoja-me porque os políticos só falam do que não interessa a ninguém.

E não, nenhum deles é santo. Aliás, nenhum deles é sequer DECENTE! Um é um troca-tintas e não diz tudo o que portugueses deviam saber e levou-nos facilmente. Traiu-nos a confiança.

Outro é um pintarolas, jeitosinho, que acabou o curso com 37 anos e nunca trabalhou na vida... E vem dizer que é africano quando nunca deve ter entrado no 6 Maio... E que não tem sequer o apoio pleno do seu próprio partido (já perdi a conta das pessoas que conheço que são PSD mas que vão votar no Portas...)

Mas, lá está, são opiniões, e acredito que cada um de nós vota no que acha realmente melhor para o país.

Eu prefiro um troca-tintas que, mal o menos, fez algumas e várias coisas boas pelo país. E que apanhou uma crise MUNDIAL (E nisto, lamento mas nós não somos ninguém, nem decidimos coisa nenhuma. Portugal é apenas uma semente, um mero fantoche, no meio da conjutura da economia europeia, ocidental e mundial).

E que, se estivesse lá outra pessoa não sei como teria sido. Aliás, acredito que estaríamos bem pior.

Para além disso, negócios ou influências TODOS têm. Todos os políticos, gestores, advogados, e afins. Todos. Do Sócrates andaram a vasculhar e apanharam umas coisinhas. Do Passos, dá tempo aos jornalistas para o fazerem... Já o Portas é, muito provavelmente, o melhor político do nosso país. Que pena não concordar com as ideias dele.

Mas, também não sou qualquer tipo de defensora ferranha. Aliás, só me faz confusão o estado a que chegámos... A esta política da treta em que ninguém acredita.

E não tenho partido. Nem penso pelos outros. Tenho ideologia. São coisas bem diferentes.

Acho que ainda vou é votar no MEP. Que em branco não estou pra aí virada, embora já o tenha feito.

Agora calma, vão pra praia amanhã e votem em consciência no domingo! Porque mais do que este políticos, o que mais me irrita é mesmo a abstenção. A mudança está em nós. E não começa em debates de blogs ou tardes no café. Começa no voto.

Beijinhos*

Helena de Troia disse...

Por acaso também compartilhei isto no meu fb ontem lool porque fiquei incrédula. E raivosa.

MF disse...

E qual é o problema de ele ter terminado a licenciatura aos 37 anos? É obrigatório acabá-la aos 20 e poucos? Ou uma pessoa que não tenha tido oportunidade de ir para a Faculdade enquanto jovem e só poder ir já aos 30 ou 40, ou até mais tarde,não tem mérito? Ah, pelo menos não acabou a licenciatura por fax e a um fim-de-semana!...

Claudia disse...

Esse senhor tem muito que se lhe diga. E também é preciso dizer que acabou a licenciatura aos 37, não porque estava a trabalhar ou porque não tinha possibilidades financeiras, mas porque, pronto, ser laranjinha e andar na boa vida é melhor.
E agora calo-me que hoje também não se deve poder fazer anti-campanha :P

Montana disse...

Infelizmente é este Senhor que vai ser o 1º Ministro de Portugal.
Mas é este o Pais que temos. E tenho pena. E medo do futuro.
Mas cada um tem aquilo que merece.
:(:(:(

Miss Chérie disse...

É este o homem. =X

lara.valente disse...

Não sei qual é o problema de o PPC ter concluído a Licenciatura numa Universidade Privada. Também fiz a minha Licenciatura na Lusíada e tive que queimar muita pestana para a concluir!!! Sinceramente não entendo o preconceito...

Anónimo disse...

Acho este tipo de mensagens que circulam ridículas. Em vez de nos concentrarmos no essencial facilmente envergamos pela mesquinhez de espremer até ao tutano o que os outros têm de mau. Ridículo é só o que tenho a dizer. Não há mais comentários.

ACA disse...

Caro anónimo.
Esta mensagem não é a minha. Apenas partilhei a informação porque a mim, surpreendeu-me.
O que não é meu hábito neste género de assuntos é popularizar notícias "da treta".
Mas, esta mensagem, independentemente da cor política (que não tenho) é apenas a mesma coisas que muitas notícias e comentários que circularam sobre o ex-primeiro ministro. Tem exactamente o mesmo princípio.
Infelizmente, Portugal preocupa-se mais com isto do que com as acções, decisões e princípios das atitudes tomadas pelos políticos. Infelizmente.

Partilhei por confirmar que, em quase tudo o que diz é verdade, e por me ter surpreendido... Sou livre de o fazer.

ACA disse...

E até vou apagar a parte opinativa da mensagem (escrita por quem criou o artigo e partilhou). Apenas vou deixar o início.