terça-feira, 29 de março de 2011

Na rua dos graffiti

Desde ontem que estou num novo local de trabalho. Não, não mudei de emprego. O emprego é que mudou de sítio. Para melhor! ♥ Para além de ter passado a estar num open space, o que me alegra imenso porque sou pessoa para trabalhar com algum barulho (já desde o secundário que tinha o vício de estudar em cafés), ganhei uma secretária maior, vista para uma janela sem prédios no horizonte, mais luz solar e uma boa disposição renovada que está presente em toda a empresa. A mudança foi trabalhosa mas é óptimo mudar de ares. E estou radiante com o meu novo cantinho!

Para animar ainda mais, vim parar à conhecida “rua dos graffiti's”, em Campolide. Já tinha pensado em tirar umas boas fotografias mas ainda não tive tempo livre. No entanto, hoje encontrei um moço a pintar... Às 4h da tarde!


Desci para fumar um cigarro eram 16h e lá estava ele, nas calmas, a começar o trabalho. Estranhei estar alguém a pintar durante o dia e pensei que, se pudesse, corria para lhe ir fazer uma mini-entrevista sobre o tema. Não podia. Mas, quando voltei a descer, eram quase 17h30, já o trabalho estava pronto! Mal acabou de pintar, olhou em volta e começou a andar na minha direcção... Pensei logo: bem, vai-me pedir um cigarro, é óbvio. E foi. Mas em inglês! Turista que vem a Lisboa pintar. Não tinha o cigarro para lhe dar mas logo a conversa fluiu durante 2 ou 3 minutos apressados... Disse-me que simplesmente foi a uma loja comprar latas e que perguntou onde seria melhor pintar. Resposta: Campolide. E não se enganou.

O trabalho do moço não mereceu fotografia mas foi curioso o momento. Ignorância minha mas nesta parede é permitido pintar. Pena que eles se “atropelem” e pintem o trabalho uns dos outros. Prometo que numa hora de almoço com sol me vou dedicar a fotografar. Gosto de bons trabalhos. E de boas mini-conversas com turistas!

Ah! E de open space's (ao lado do Amoreiras)!

4 comentários:

Filipa disse...

Queria muito ver esse trabalho :)
Eu não fazia ideia que em Campolide era permitido.
Mas acho que devia haver mais espaços assim.
Animava mais a nossa capital.
Já acho que fizeram muito bem em convidar artistas fazer aqueles magníficos desenhos nos prédios *-*

Tem de vir cá o Banksy, mas esse era capaz de pintar em qualquer lado.

PinkEmotions disse...

Existem graffitis que merecem umas boas fotos, já outros... nem por isso. lol

Black Barbie Woman disse...

A piada do Street Art é mesmo essa ser efémera, é por isso que tem de ser impactante para ficar na memória, já que não vai durar muito tempo!
E hoje em dia já temos grandes telas de artistas portugueses e estrangeiros espalhados por Lisboa e sim são autênticas telas de arte;)Viva o projecto crono.

Pandora disse...

Há grande artistas desse, aproveita e posta fotos a promove'los :)