segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

A opinião do Balão

Golden Globe Awards 2011
Red Carpet

As mais.

Anne Hathaway em Armani Privé.
Não sou fã dele, nem dos vestidos, embora este seja estonteante. Adoro a Anne e está linda. Fica-lhe super bem. Os tons, o corte. Perfeito.


Angelina Jolie em Atelier Versace.
Confesso que não foi a minha primeira paixão. É lindo, claro. Mas claramente não surpreende. Já vimos este verde esmeralda várias e várias vezes. E, digo eu, o corte não é extraordinário. Mas sim, é lindo e fica-lhe super bem.


Natalie Portman em Viktor & Rolf.
Estou a ser claramente tendenciosa porque a adoro a ela e adoro mulheres grávidas e lindas. E o rosa fica-lhe bem. Um mimo.


Lea Michele em Oscar de la Renta
Já alguém disse uma vez que um Oscar de la Renta é sempre um Oscar de la Renta. Uma silhueta leve, feminina e dada à ocasião sem a necessidade de brilhos e afins... Linda!


Olivia Wilde em Marchesa.
É lindo. Não vale a pena. O verdadeiro vestido para uma red carpet em que todo o brilho é permitido, desde que bem usado. Maybe my favourite.


Claire Danes e Emma Stone em Calvin Klein.
Less is more. Cor e silhueta perfeitas!


Sandra Bullock em Jenny Packman.
Adoro o vestido. Usava-o, claramente. Pelo tom, pelo drapeado quase plissado na saia. Adoro.


Scarlett Johansson em Elie Saab.
Ai, Elie Saab. Sempre românticos, sempre delicados, sempre luminosos. Adoro! (Já ela precisava ali de um bom blush...)


Mandy Moore em Monique Lhuillier
Não é o vestido mais lindo de sempre mas ficou-lhe super bem no tom de cabelo e da pele.

As menos.


Michele Williamns em Valentino
Peço desculpa se estou a falar mal mas... Como é que isto pode ser Valentino? Que flores são aquelas? God.



Christina Aguilera em Zuhair Murad
Pois. Eu até consigo gostar de alguns vestidos do senhor. A sério. Mas este... Para além de parecer um soutien em tamanho gigante, as ancas dela ganham o dobro do tamanho. O corte sereia ainda a faz mais minúscula no seu metro e meio de altura.


Heidi Klum em Marc Jacobs.
Que blasfémia comentar o outfit da lindona Heidi. E comentar o trabalho do Marc Jacbos. Mas não, isto não correu nada bem. Não gosto do corte, nem dos sapatos, nem da maquilhagem, nem da raíz castanha a aparecer no cabelo loiro, nem do laço na cintura. Nada, nada, nada. Estaria menos má se fosse a um cocktail na praia. Que pena.


Gabourey Sidibe em Marc Bouwer.
É difícil escolher um vestido para uma pessoa assim. É mesmo. Mas este não deveria ser sequer opção. Nem para quem veste o 34! Terrível.


Helena Bonham Carter em Vivienne Westwood.
Pois. Nada. Nada aqui é bonito. E não vale a pena dizerem-me que a senhora é uma rebelde. Sim, claro, óptimo. Mas é possível ser-se rebelde e estar-se bem vestida ao mesmo tempo.

Fotos em style.com

2 comentários:

∗ANA∗ disse...

Achei o da Natalie Portman um mimo! Está linda!
E o da Olivia Wilde simplesmente FANTÁSTICO!!!

XOXO

Ivânia Santos (Diamond) disse...

Olá :)

Agradeço a tua opinião sobre a Vogue!
Mais uma verdade foi dira e muito bem!

Biju**