quinta-feira, 8 de julho de 2010

Para H.C.

É bom saber que velhas amizades podem sempre ser novas. É bom saber que tudo mudou mas que muita coisa está no mesmo sítio. É bom saber que o que nos une não precisa de razões para existir. Sabe bem estar contigo só por estar. Mesmo não havendo nada nas nossas vidas que nos una. Ver o teu sorriso, a tua postura, o teu sotaque, a tua profundidade e plenitude de ser. É bom estar contigo só porque sim, sem irmos a lado algum (nem tomámos café, reparaste? Sentámo-nos e pronto...) Nada temos em comum hoje em dia. Pelo contrário, são maiores as forças que gradualmente nos separam. Mas é bom sentir que a nossa amizade está lá. Igualzinha. Intacta. Sincera, confessionária, analista, pautada por conselhos, risos e momentos. Uns mais fúteis, outros de uma profundidade peculiar. É bom saber que pensar em planos contigo não é apenas uma utopia de quem está à noite toda numa esplanada mas sim uma realidade em construção. É bom saber que estás bem.

E é bom ver-te assim. É bom saber que estás a construir uma realidade baseada nos teus sonhos. É lindo assistir às tuas conquistas e saber, como sempre soube, que não pertences aqui. Que o Porto não te chegava, que Lisboa se esgotou e que a faculdade era uma aldeia. É bom ver-te a conquistar as tuas maiores ambições e a palmilhares o teu caminho rumo ao sonho. É bom. Sabe bem ver-te assim. E sabe bem saber que podemos sempre conversar. Por muito que seja à pressa .
"Um morena faz-se com vários tons de castanho."

2 comentários:

H Canhoto disse...

É maravilhoso aperceber-me assim que as minhas lutas são também as tuas lutas, porque as nossas lutas, sejam familiares, legais ou amorosas, são forças que nos fazem correr. Somos uma inspiração, por essa evolução tão distinta: posso olhar para um percurso tão diferente como o teu e perceber que a minha vida não está limitada às fronteiras mais óbvias e que há um mar de possibilidades para mim. Mais do que qualquer inspiração, é delicioso encontrarmo-nos. (realmente, nem tinha reparado que não bebemos café! que giro!)
Matámos saudades e reafirmámos mais a certeza de que há cumplicidades intemporais e não abertas a discussão como a nossa.
Gosto. Muito.
"Uma morena faz-se com vários tons de castanho".

Anónimo disse...

Que texto bonito e sentido!!!!! Que tem a dizer aquele "leitor"?????
Realmente o sonho comanda a vida!!!!